Domingo, 18 de Julho de 2010

Não há Arte

 

O Roger Ebert, famoso crítico de cinema, afirmou que não acreditava que os jogos de vídeo pudessem vir a ser considerados como arte. Como seria de esperar, esta frase gerou milhares e milhares de comentários por parte dos gamers, onde a maior parte tentou explicar ao Sr. Ebert porque é que achavam o contrário.


Discutir se alguma coisa é ou não arte pode durar para sempre, sem se chegar a uma conclusão, e há uma razão para isso. À semelhança do que acontece com outras palavras (e.g., "casual games"), não há um acordo sobre o que é que a palavra "arte" está a classificar. É uma daquelas "categorias" que são construídas de acordo com cada pessoa.

Portanto, já passaram milhares de anos e ainda não existe uma definição para o que é "arte". E duvido que se venha a ter nos próximos milhares de anos também. Sempre que vejo uma discussão sobre arte (quer seja sobre os jogos ou não) pergunto-me: porque é que as pessoas se importam tanto que algo seja arte ou não?


Bem, esta pergunta não é tão pantanosa como a anterior. Podemos não saber dizer se algo é arte ou não, mas facilmente associamos "arte" como sendo algo com valor intrínseco, mesmo que não seja evidente à primeira vista. Se aceitarmos isto, a motivação atrás da discussão sobre se algo é arte torna-se muito clara: temos um grupo de pessoas, com gosto por algo em particular, e querem que esse "algo" entre para o 'clube das coisas que têm valor'.

E agora, porque é que as pessoas querem que as coisas que gostam, pertençam ao clube das coisas que têm valor? Há muitas maneiras de responder a isto, mas a motivação é sempre a mesma: o reconhecimento pelas outras pessoas. Se não tivesse a ver com as outras pessoas, nem havia uma discussão, gostávamos das coisas sozinhos ou com quem está interessado e ficava por aí. Mas não chega. Mesmo quem não gosta precisa saber, precisa reconhecer que aquilo de que gostamos "vale a pena", é importante.

 

Não sei porque é que isto acontece, mas parece que faz parte da natureza humana. O que não falta na história são exemplos de pessoas a gastarem muita energia a promover os seus gostos pessoais - desde ideias até equipas de desportos e deuses. Em todos estes casos, a motivação é clara: temos uma ideia de como é que o "mundo é", e estamos dispostos a mostrar aos outros que eles estão errados em relação à realidade (e.g., "é a Terra que gira à volta do Sol!", "O Comunismo é que é!", "Foi Zeus que criou os homens, não a evolução!", "o meu clube é melhor que o teu!", etc...).


No caso da arte, e se aceitarmos tudo isto, acho que se torna difícil deixar de ver uma discussão sobre se algo é ou não arte como humanos a esforçarem-se por serem reconhecidos por outros humanos.

publicado por Terebi-kun às 10:13
link | comentar
3 comentários:
De Zell a 18 de Julho de 2010 às 13:10
Lol , para mim esses críticos só sabem é criticar =P

Zell =D

ps.deixo aqui um site k és capaz de gostar e queres postar no blog
http://dagobah.biz/flash/know_your_destiny.swf
De Terebi-kun a 18 de Julho de 2010 às 17:53
"You are: Mecha Jesus, the Humungous Pedo, Destined to Rule All Europe"

If this was a movie, I would see it.
De Yasako a 18 de Julho de 2010 às 18:42
Arte é arte:

Wikipedia- Art is the process or product of deliberately arranging elements in a way to affect the senses or emotions.

Tudo o resto são fanboys.

Comentar post

 

home

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Março 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
15
17
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

Feed us!

arquivos

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

tags

animação(34)

anime(60)

bunny(11)

filmes(45)

gadgets(3)

imagem(135)

irony(8)

japanese stuff(81)

livros(15)

made in suika(134)

made somewhere else(4)

manga(13)

música(58)

politics!?(84)

random(144)

recortes(5)

science(23)

séries(12)

teatime(3)

top 5 monday!(31)

tv(33)

vhs(3)

video(108)

videogames(136)

web culture(73)

todas as tags

By:Terebi-kun!

 

E-Mail
Creative Commons License