Domingo, 24 de Abril de 2011

Livro: SuperFreakonomics

Terminei de ler o SuperFreakonomics. Embora o livro tenha algumas secções muito criticadas e até erradas (i.e., a parte sobre o aquecimento global), o livro retrata bem o tema principal, a natureza humana. E mais uma vez, fiquei com a ideia que é muito útil e do nosso próprio interesse conhecer-mos muito bem a nossa própria natureza.

 

Como é dito no próprio livro, acerca da pessoa que tinha proposto pela primeira vez os cintos de segurança para os automóveis:


"...tinha esbarrado contra um dos dogmas centrais e mais frustrantes da natureza humana: é difícil mudar os comportamentos [...] uma solução simples e barata para um problema, talvez não resulte se implicar que as pessoas mudem o seu comportamento."

São aspectos como este que estão por detrás das experiências descritas no livro, de uma ponta à outra. Outro exemplo, este muito famoso. Em 1847, Ignatz Semmelweis descobriu uma maneira de diminuir significativamente o número de mortes durante os partos, tanto dos bebés como das mães. A solução: obrigar os médicos a desinfectar as mãos antes do parto. Resultado:

"a taxa de mortalidade na maternidade do Hospital Geral de Viena baixou a pique quando Semmelweis ordenou aos médicos que lavassem as mãos após realizarem autópsias. Contudo, os médicos dos outros hospitais ignoraram as suas descobertas. Chegaram até a ridicularizá-lo. [...] Além disso, os médicos dessa época [...] não conseguiam aceitar a ideia de que eram eles próprios a raiz do problema."

Entretanto já passou um século e meio. Como andam as coisas?

"Uma série de estudos recentes demonstrou que os funcionários hospitalares lavam ou desinfectam as mãos menos de metade das vezes em que deveriam fazê-lo. E os médicos são os piores infractores, mais complacentes do que os enfermeiros ou os assistentes."

"Este fracasso é intrigante. No mundo moderno tendemos a acreditar que a melhor forma de corrigir os comportamentos perigosos é através da educação. É esse o raciocínio por trás de praticamente todas as campanhas de sensibilização pública."

"Porque razão é tão difícil mudar esse comportamento quando o preço a pagar pelo cumprimento das regras [...] é tão reduzido e os potenciais custos do incumprimento [...] é tão alto? À semelhança do problema da poluição, a resposta radica uma vez mais nas externalidades. Quando um médico não lava as mãos não é a sua própria vida que fica primariamente em perigo mas sim o próximo paciente que ele tratar. [...] os médicos [...] não dispõem de incentivos suficientes para lavar as mãos."

 

 

 

 

tags:
publicado por Terebi-kun às 19:44
link | comentar

 

home

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Março 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
15
17
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

Feed us!

arquivos

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

tags

animação(34)

anime(60)

bunny(11)

filmes(45)

gadgets(3)

imagem(135)

irony(8)

japanese stuff(81)

livros(15)

made in suika(134)

made somewhere else(4)

manga(13)

música(58)

politics!?(84)

random(144)

recortes(5)

science(23)

séries(12)

teatime(3)

top 5 monday!(31)

tv(33)

vhs(3)

video(108)

videogames(136)

web culture(73)

todas as tags

By:Terebi-kun!

 

E-Mail
Creative Commons License